Decisões

Hoje de manhã acordei decidida. A sua presença é tóxica e você nem existe. Preciso te desinventar.

Sabe aquele dia, eu te encontrei e você me disse que gostava de mim? Quando eu te inventei não era isso que queria ouvir. Você devia falar apenas as coisas que eu imaginava, você é criação minha.

Um dia, quando eu te esquecer, sua presença não vai me provocar mais repúdio e vou escrever um livro falando sobre o quanto eu te amava.