Deveras Prolixo

Falar pouco não é uma opção

Mês: julho, 2014

Aeternum

Acabou mesmo.

Nada é mais finito que relacionamentos. Não duraria uma volta completa ao redor de si mesmo. O outro cessa de acreditar que há doação quando não houve respostas ás suas perguntas.

A solidão. Essa sim. Dura toda finitude da vida. Gerados como único ocupante de nosso corpo, padece só dentro do seu corpo e morre só. A solidão é o caminho mais fácil, sozinho ninguém se perde ou todos se perdem.

Nada é  mais infinito que a verdade. Ela estava no princípio e no fim ela estará lá.

Todo ser com sua finitude em busca do infinito é mais um ser que é tão finito quanto os relacionamentos que eles tem e tão infinito quanto a verdade que eles buscam.

Anúncios

Ode ao depressivo

Que se abram as portas do infinito

Apresentem-se todos os fins, meios e imediatos

Não deixem nada para trás

Não se abram aos sentimentos desesperados

Pois ele chegou

Entreguem seus males e também seus bens

Escondam-se de todas as sociedades

Despistem todos os amigos e inimigos também

Abram os seus olhos para o miserável

O mestre das misérias está aqui

Triunfante e vitorioso

Há tanto tempo esperado

Há tanto tempo instalado

Enchem-se de glórias aqueles visitados

O estado das maravilhas se foi

Prostrem-se aos seus pés

A miséria humana chegou

 

 

Noite fria

Já era tão tarde e estava tão frio que a ponta dos dedos dormiram.

– Eu preciso só de mais uma hora.

Pensava que não havia mais nada que pudesse fazer além de se sentar e esperar que tudo se resolvesse.

– Em uma hora se ninguém aparecer eu vou embora.

A coragem, assim como o medo, estavam lá. Pensava que a única coisa que podia impedir os próximos acontecimentos seria uma intervenção divina. Não acreditava em Deus.

– Eu preciso ir agora.

Decidido em se livrar de tudo que estava sentindo resolvei que não havia mais tempo. Nem o frio que o congelava fazia  esquecer.

Não apareceu nenhum sinal,ninguém. Nada. Passaram-se horas.

Não havia mais nada. Nem dor.

 

O plano me assustava. Não pensava que haveria dor que me fizesse querer sentir mais dor e acabar com tudo.

Mas um dia veio a dor.

Aquela dor que me fez querer sentir mais dor e que fizesse tudo sumir.

Ainda tenho medo.Vou esperar até que tudo vá embora.

Alguém tem que ir embora. Talvez seja eu que tenha que ir.

 

Sonhos

Stars shining bright above you
Night breezes seem to whisper “I love you”
Birds singin’ in the sycamore trees
Dream a little dream of me

Sonho com você todos os dias. Acordado.

Teve aquele dia em que você apareceu no show sozinha e veio falar comigo com os olhos brilhando o quanto estava empolgada com a banda. Nem sabia quem era você.

 

Dias depois você me mostrava quem era e não fingia sentir coisas que não sentia. Nesses dias eu ficava intrigado com as verdade que saíam de sua boca. Eu nem pensava em ter você como minha companheira, mas eu já era seu companheiro.

Sonho com aquele dia quando por acaso, sozinhos, nos encontramos. Não era acaso algum porque eu sabia que você estaria lá e eu queria estar lá. Eu te conheci naquele dia. Você me conheceu naquele dia. Você me fez ter medo de te amar e não sermos um do outro para sempre. Me fez pensar em eternidade.

Sonhei com você. Ontem você aceitava meu pedido de namoro.Um beijo naquela noite que te conheci fez em mim uma vontade intensa de te ter por mais tempo. De novo, estava eu pensando em eternidade.

Hoje eu sonho com você dizendo sim para viver comigo na eternidade. Nós, apesar da finitude desses sonhos e desejos, seremos eternos.

E vivo aqui sonhando com o dia em que vou te conhecer.